O que é geo-blocking, e como contornar as restrições geográficas?

O que é geo-bloqueio: aviso de geo-restrição em uma tela de dispositivo
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Suponha que você seja um ávido fã de séries de TV, um viajante freqüente ou um usuário pesado de internet. Nesse caso, é provável que você já tenha enfrentado uma mensagem na tela de seu aparelho dizendo: "Este conteúdo não está disponível em sua região" ou algo parecido. Isso significa que alguém está bloqueando geo-bloqueando o conteúdo que você estava tentando acessar.

Mas o que isso significa exatamente? Por que esse conteúdo está sendo restrito? E quem está por trás disso? Este artigo responderá a essas perguntas em detalhes, ao mesmo tempo em que fornecerá maneiras para você contornar as restrições e navegar livremente.

Conteúdo

O que é geo-bloqueio?

O geo-bloqueio, ou geo-filtragem, é a prática de impedir que os usuários da Internet acessem conteúdos on-line com base em sua localização geográfica.

Isso significa que você só pode acessar o conteúdo em sites e serviços de Internet disponíveis em seu país ou região de origem, em outras palavras, onde você está.

É uma maneira eficaz de replicar as fronteiras terrestres em um ambiente digital. 

O que é conteúdo geo-restrito?

Conteúdo geo-restrito é qualquer conteúdo que não esteja disponível no país em que o usuário está fisicamente. As restrições geográficas podem se aplicar a praticamente qualquer tipo de conteúdo, desde filmes e séries de TV específicos até sites e serviços inteiros.

Alguns conteúdos estão agora disponíveis em todo o mundo, mas na maioria dos casos estão restritos a regiões específicas. Isso pode ser frustrante quando você quer assistir a um show ou transmitir um vídeo que não está disponível em seu país.

Qual é a finalidade do geo-bloqueio?

O propósito do geo-bloqueio pode ser comercial, político, ou ideológico. Ele varia dependendo da organização por trás dele. Os governos autoritários tentam controlar o que os cidadãos vêem ou fazem on-line. Empresas de entretenimento tentam regular o uso do conteúdo devido a direitos autorais e acordos de licenciamento.

Mas a razão pela qual um serviço online como Netflix ou Hulu bloqueia seu acesso nem sempre é aparente. Um vídeo do YouTube, por exemplo, poderia ser restrito por motivos de direitos autorais ou ideológicos, dependendo da localização real do usuário e das respectivas políticas locais.

Quer o geo-bloqueio seja usado para censura na Internet ou para cumprir com obrigações legais, ele permite a restrição de conteúdo com base na localização do dispositivo percebido.

Como funciona o geo-bloqueio?

O geo-bloqueio funciona ao permitir (ou bloquear) o acesso somente para os endereços IP dentro de escopos IP específicos. Normalmente, estas faixas de IP podem ser associadas de forma confiável a determinados locais físicos.

Esse é o método mais comum e eficaz que os websites utilizam para acessar algumas regiões geográficas (por exemplo, o Reino Unido, Austrália, Europa) enquanto bloqueiam outras.

Mas o veneno é muitas vezes também o remédio. A máscara de IP é uma forma procuradores e redes privadas virtuais (VPNs) para contornar esses blocos.

A Netflix está geo-bloqueada?

Você pode assumir todos os Serviços streaming como Sling, BBC iPlayer, e Netflix são geo-bloqueados. À parte o conteúdo original, todos eles têm que negociar termos e seguir as regras sob um acordo de licenciamento firmado entre eles e os proprietários dos direitos autorais, também conhecidos como estúdios.

O geo-bloqueio é legal?

O geo-bloqueio está sob uma área cinzenta em relação a leis e regulamentos. As interpretações e premissas legais podem variar de uma jurisdição para outra.

As restrições baseadas na localização geográfica são situações que afetam a todos, em todos os lugares, em muitos níveis. A prática é controversa há muito tempo, sendo até mesmo considerada uma violação da privacidade dos usuários e dos direitos digitais em alguns casos.

Considerando que não sou advogado, vou tentar discuti-lo a partir de uma perspectiva filosófica.

Embora as empresas tenham boas razões para aplicar tais métodos, isso não significa necessariamente que eles estejam certos. Geo-blocos podem levar a práticas antiéticas e prejudiciais.

Mas contornar o geo-bloqueio é ilegal? 

Semelhante ao próprio geo-bloqueio, contornar as geo-restrições não pode ser declarado ilegal por lei (mesmo que alguma lei em algum lugar possa afirmar isso). O tópico permanece aberto à interpretação.

Por exemplo, outras situações estranhas que resultam do geo-bloqueio merecem mais discussão do ponto de vista do cliente.

Podemos dizer que é pelo menos injusto quando clientes de outros países só têm acesso a uma biblioteca de conteúdo muito limitada na mesma plataforma streaming. Não é disso que se trata um mercado global.

Para não mencionar quando você é bloqueado em seus serviços streaming favoritos, tais como Vídeo do Amazon Prime ou HBO Agora só porque você está tentando acessá-los do exterior.

Parece-me que, apesar de viver em um mundo digital, as premissas legais territoriais de outra época. Tenho quase certeza de que muitos especialistas em direito concordariam que é

Essas são duas questões complicadas, e a compreensão varia de país para país. A Comissão Européia legislado em favor dos clientesA Comissão Européia, que não regulamenta nenhuma discriminação entre os países membros e assegura o direito de portabilidade do conteúdo quando os cidadãos viajam dentro do território da União Européia.

Outros usos questionáveis do geo-bloqueio

Discriminação de preços geográficos

Dependendo da localização do cliente, comércio eletrônico, tarifas aéreas e locais de reserva de hotel, por exemplo, cobram preços diferentes. As empresas tentam pintá-la como um simples impacto fiscal, mas nem sempre é esse o caso.

Censura da Internet

Com base no preconceito político e ideológico, alguns governos autoritários impedem que os cidadãos tenham acesso a certas informações, bloqueando portais de notícias e recursos de informação, degradando assim seu direito de escolha.

Quando os governos e outras entidades procuram impedir os usuários de ir a certos websites sem motivo, eles configuram a prática da censura, que é claramente contra a Declaração Universal dos Direitos Humanos, especificamente a liberdade de informação mencionado no artigo 19.

Como contornar isso para desbloquear conteúdo e websites?

Da mesma forma que as empresas utilizam endereços IP como um identificador para bloqueá-lo, você pode contar com estes números para lhe fornecer presença virtual em qualquer lugar e desbloquear o acesso global. Quatro soluções podem lhe dar essa possibilidade:

Redes privadas virtuais (VPNs)

A melhor maneira de evitar o geo-bloqueio é usar uma VPN para trocar seu endereço IP para um relacionado ao seu local de destino. As VPNs são ferramentas fáceis de usar que você pode instalar em seus dispositivos conectados à Internet.

Eles oferecem a flexibilidade de conectar-se a servidores privados em diferentes países, escondendo assim seu IP atrás de outro enquanto criptografa seus dados de tráfego. Isso lhe dá camadas extras de privacidade sobre o desbloqueio de conteúdo geo-restrito.

Serviços de VPN com ampla cobertura geográfica são sua chave para desbloquear a World Wide Web de qualquer parte do mundo.

Servidores proxy

Os proxies trabalham de forma semelhante às VPNs com menos flexibilidade e características de segurança. Às vezes, eles podem ser suficientes para desbloquear restrições de sites com base em geo-localização.

Outras vezes, porém, você não poderá escolher a localização exata do servidor que você deseja conectar para contornar um geo-bloco específico. 

Mudança de servidor DNS

O Sistema de Nomes de Domínio ou DNS é um componente essencial da Internet, pois funciona como uma ponte entre computadores e pessoas. Eles traduzem nomes de domínio em números IP e vice-versa para facilitar a comunicação. Os servidores DNS registram dados sobre domínios e os propagam através da web.

Em nível DNS, este tipo de servidor também pode ser utilizado para bloquear ou permitir o acesso dos usuários com base em sua localização. Mas ele não oferecerá segurança ou privacidade; apenas encaminhará os dados.

Navegador Tor

O web browser oferecido pelo projeto The Onion Router é outra maneira de se disfarçar online para obter um nível mais alto de anonimato e navegar livremente na web. Mas ele vem com algumas advertências. Dependendo do tipo de conteúdo que você estará tentando desbloquear, seu desempenho pode estar muito abaixo da velocidade requerida.

Conclusão

O desbloqueio do conteúdo geo-restrito é controverso, com diferentes implicações e interpretações dependendo de pontos de vista divergentes e jurisdições locais. Enquanto empresas e proprietários de direitos autorais podem argumentar a seu favor, muitos casos em que seu uso não é ético podem cruzar a linha dos direitos humanos e do consumidor.

Se você sente a necessidade de recuperar sua liberdade on-line, o melhor caminho a seguir é usar uma VPN. Caso contrário, você pode deixá-los decidir o que você deve ouvir, assistir, ler ou acessar.

Sua assinatura não pôde ser salva. Por favor, tente novamente.
Quase lá! Você'receberá um e-mail dentro de alguns minutos. Abra-o e clique no botão para confirmar sua assinatura.

Você gostou do conteúdo?

Inscreva-se em nossa lista de e-mails para ficar atualizado.

Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ver detalhes